24

mar

2015

Review: Pincel de base Riachuelo

Por Luana Ribeiro

Eu costumo passar base no rosto com as mãos, acho que o acabamento fica mais bonito… E só recentemente conheci as maravilhas da beauty blender e outras ferramentas para aplicar base e todos seus efeitos. Pincel já testei alguns mas nunca tinha me agradado de nenhum, mas tô em uma fase curiosa para testar alguns modelos. Em um dia de compras na Riachuelo, fui fisgada pela estratégia de vendas de expôr produtos coloridos, bonitos e em miniaturas nas gôndolas, e avistei um pincel rosa, que tinha o formato parecido com alguns específicos para aplicar base que vi na internet. Bom, decidi trazer para a casa e testar.

Pincel de base

Depois de três meses de uso diário posso afirmar: melhor compra no quesito beleza Bom Bonito e Barato dos últimos meses. Ele custou R$ 12 e tem uma qualidade ótima, não fica devendo nada desses mais famosinhos que a gente vê por aí.

Pincel base riachuelo

Nas fotos ele está sujo de base, mas quando está limpo as cerdas são bem rosas

Na embalagem ele diz que é para blush, mas eu sinceramente não acho que seja muito bom para essa função, gostei mais da desenvoltura para aplicar a base. Vi na Riachuelo também tem outros pincéis, mas não comprei porque não botei muita fé no ‘olhômetro’, como aconteceu com esse. A linha toda é essa:

Riachuelo Beleza

Gosto dele porque espalha bem a base, deixando a pele natural e uniforme, ótimo para maquiagens de dia a dia, para trabalho ou saída rápida. Quem tiver procurando um pincel para esses fins, fica a dica! Vale cada centavinho ;)

posts relacionados

16

mar

2015

Unhas da semana #65

Por Luana Ribeiro

Alguém por aí? Espero que sim! Gente, o que estão sendo esses primeiros meses no ano, hein? Muita coisa acontecendo e tô tentando aos poucos colocar tudo em ordem… E hoje foi a vez de colocar o Glammood nos trilhos. E claro, não poderia começar sem as Unhas da Semana!

Minhas unhas estão bem curtinhas, como se pode ver, então preta nelas. Para suavizar a vibe gótica, filha única com carimbo com o quadradinhos pied de poule. Eu tô há algum tempo louca por algo com essa padronagem, mas muito difícil de encontrar, então quando vi essa opção lá, já quis :D

Unhas preta e branca

 

china glaze

 

~ Lembrando que nossas unhas são resultado do trabalho das manicures da Dedo de Moça Nail Bar. O salão fica na Rua do Comércio II, 1005, Bairro Parque 10. Para agendar um horário é só ligar  3236-7607 ou 98253-6698 ~

posts relacionados

06

mar

2015

BCA: 5 álbuns que estou ouvindo sem parar

Por Camila Martins

Vocês lembram do primeiro post da tag blogando com amor? Ali explicamos que mensalmente teríamos postagens coletivas acerca de algum tema. Fevereiro passou tão rápido que acabamos não participando (quen), mas voltando agora, os “5 álbuns que estou ouvindo sem parar” foi um dos temas de março que mais me chamou atenção! De volta ao circuito do BCA, conto quais são eles. Foi interessante parar para pensar nisso, e de repente perceber um padrão no que ando ouvindo ultimamente. Fico contente de notar que tenho conhecido artistas que não faziam parte das minhas playlists até então.

Chet Faker1 try1

No caso de Chet Faker fui obrigada a incluir seus dois álbuns, o Thinking In Textures e o Built On Glass, porque sinceramente não sei qual escuto mais. Chet Faker é um músico australiano de eletronica, estilo que normalmente não me chamaria atenção, mas em primeiro lugar: ele canta! E muito bem, inclusive, e o som é uma delícia só, com músicas lo-fi, com uma clara influência eletrônica, nada enjoativa, e uma pegada smooth irresistível – maior clima, gente! Curtindo muito.

Faixas preferidas: Take is Cheap, I’m Into You, No Diggity

george ezra2  try1

Posso dizer que ando meio ancantada pelo britânico George Ezra. Conheci recentemente pela rádio que não para de tocar Budapest, mas a verdade é que não faz muito tempo que ele passou a chamar atenção da mídia musical, o Wanted On Voyage, seu primeiro CD, foi lançado esse ano. A voz dele é bem marcante, com um timbre que em uma música ou outra me lembra de Dave Matthews (vide Stand by Your Gun) e Bob Dylan. O álbum indie tem bastante folk e é muito gostoso de ouvir.

Faixas preferidas: Budapest, Listen To The Man, Cassy O’

sam smith - in the lonely hour4 try1

Confesso que tinha uma super resistência com Sam Smith, não queria escutar além do que já tocava na rádio, por motivos de: problemas com modinhas intensas. Desculpa, gente, sou dessas. Até que ouvi o Damian, ainda nas playoffs do The Voice, cantando I’m Not The Only One e pela primeira vez realmente prestei atenção na música que inclusive é de fato lindíssima. Desde então comecei a escutar o deluxe do In The Lonely Hour e não acreditei que demorei tanto pra fazer isso. Cheguei inclusive a comentar que o Sam Smith é tipo a Adele de calças hehe. As músicas são lindas! Muito bem escritas mesmo e a melodia é excelente. Estou vícios!

Faixas preferidas: Latch (acústica), Not In That Way, I’ve Told You Now

Ray LaMontagne - trouble3 try1

O Ray LaMontagne é outra surpresa que eu gostaria de ter conhecido antes – o Trouble foi lançado em 2004! Já nem lembro onde foi que ouvi pela primeira vez uma música dele, mas não faz muito tempo e acredito que tenha sido em um episódio de Parenthood (melhor trilha sonora do mundo das trilhas sonoras de seriados, inclusive, sdds). Ele faz um som acústico muito bacana, tem uma influência folk bem forte e uma voz muito bonita. O Gossip In The Grain e o Supernova, dois outros álbuns do cantor, valem super a pena também! Letras lindas.

Faixas preferidas: Jolene, Trouble, Hold You In My Arms

lucy rose - like i used to5 try1

Tenho gostado muito de ouvir as músicas da Lucy Rose, que apesar do Like I Used To ser de 2012, só descobri recentemente, também em algum seriado hehe. Ela é uma cantora indie-folk britânica bastante inspirada, quem mais gostar de voz e violão, com vocal feminino, vai com certeza curtir o trabalho da moça. Me pergunto se ela não pensa em lançar mais nada. Espero que sim!

Faixas preferidas: Shiver, Little Brave, Gamble

E aí, já conheciam algum desses? E o que vocês andam escutando ultimamente?

posts relacionados

05

mar

2015

Links que amamos #21

Por Camila Martins

Por pouco os links dessa semana não vieram repletos de vídeos da Jout Jout. Estamos ambas viciadas nesse canal do YouTube e querendo fazer parte do círculo de amizades da Julia! Que menina engraçada e autêntica. Vocês também a acompanham? Mas além disso, alguns textos interessantes roubaram nossa atenção – tem relacionamento e resquícios do Oscar; uma boa ideia para cortar a reclamação; segredinhos por trás do figurino de Claire Underwood e até decoração, com uma parte da casa de Jessica Alba.

links1

Jessica Alba abriu as portas do seu quarto para o site Domaine e mostrou o resultado da reforma que ela fez, com direito a ‘Antes’ e ‘Depois’. Se engana quem pensa que o espaço é mais uma daquelas casas milionárias de celebridades, cheias de coisas impossíveis – o da Jess (íntimas) é inspirador, com várias coisinhas que podemos dar o ‘Ctrl C + Ctrl V’ para o nosso lar doce lar.

links2

A Jéssica Delalana, do site Casal Sem Vergonha, escreveu um texto bem sensato, intitulado ‘O amor vem devagar, o resto é apenas pressa‘ que faz uma reflexão sobre a urgência de amar e de pular etapas no início dos relacionamentos. Para quem está passando por essa fase, que é crucial em qualquer namoro, vale a leitura.

DV1973325

O discurso feminista da Patricia Arquette na cerimônia do Oscar 2015 foi um dos assuntos mais comentados na semana, mas não foi só atriz que deu uma chacoalhada na cerimônia. O Rafael Nerdini, do Papo de Homem, fez um texto (excelente por sinal!) sobre o efeito manada dos discursos em favor das minorias que tomaram a premiação esse ano.

links4

A Jout Jout fez uma reflexão interessante sobre o fato de que apesar das mídias sociais como o Facebook ou Instagram, estarem repletas de fotos de gente feliz, a realidade é que está todo mundo mal. Afinal é normal passar os olhos pelo feed de notícias um tanto frustrado ou quem sabe meio deprimido, e se sentir um peixe fora d’água entre retratos de sorrisos e fins de semana na praia.

links5

Reclamar até das pequenas coisas parece fazer parte da rotina de todo mundo, principalmente na internet, e passar pelo menos um dia sem se lamuriar por aí não é nada fácil, no entanto, a Leah Shapiro aceitou o desafiou de passar um mês em abstinência de queixas e nessa matéria do Fast Company, a gente pode saber qual foi o resultado. Além do relato, o texto traz dicas – e razões – para adotar a ideia.

links6

Além da trama de tirar o fôlego, outra coisa que chama atenção em House of Cards é o figurino profissional e elegante de Claire Underwood, papel interpretado pela talentosa Robin Wright. O site da InStyle entrevistou Kemal Harris, o responsável pelo estilo da personagem, que por acaso é também o stylist de Wright fora das telas. Ele conta algumas curiosidades acerca de suas escolhas para o guarda-roupa de Claire, e traz ainda três segredos que você provavelmente não sabia.

E vocês, o que andaram lendo por esses dias?

posts relacionados

Autoras
pesquise

 

parceiros